Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pingo Doce

24.03.16

Não sei se já vos tinha dito, mas gosto do Pingo Doce. 

 

Lembro-me do Pingo Doce selectivo, cheio de produtos importados. Aquele em que havia de certeza a carne de avestruz (oh novidade!), o lemon curd, as bolachas e o chocolate suiços. 

O Pingo Doce mudou. Mudou muito. E eu gosto do Pingo Doce. Algumas lojas parecem a feira da ladra, paletes no meio do caminho, corredores apertados, artigos desarrumados nas prateleiras. Outras parecem um M&S, tudo arrumadinho, bonito, brilhante. As lojas Pingo Doce são, elas também, biodiversas. 

Numas e noutras, no entanto, há sempre tudo. Raramente me deparei com rupturas de stock, e sim, estou a falar de artigos em promoção. Não me admiraria muito, com descontos de 50% em boas marcas que houvesse rupturas. Mas esta gestão é bem feita, seja a que hora do dia for, há produtos nas prateleiras.

Há um cuidado muito particular na escolha das embalagens da marca própria, seguindo o padrão, fugindo à regra. Inovar, em termos de adequação da embalagem, é difícil. É possível melhorar, é certo. Mas também não vejo que caiba a marcas "brancas" esse trabalho. Aquilo que considero que devem fazer, e aqui se faz bem, é usar a melhor/mais eficiente embalagem dentro do binoma qualidade/preço e torná-la apetecível. 

Tudo isto vem a propósito de quê? Da embalagem do chá Earl Grey que comprei ontem! Quem me conhece bem sabe que sou apaixonada por chá, que bebo diariamente EarlGrey (sim, importado) e que não perco oportunidade de gastar mais uns tostões em bons chás. (que muitas vezes consumo sozinha sendo que neste país prevalece a tradição do café)

No trabalho novo não tenho muitas condições para fazer chá e já tinha optado pelas saquetas. Ontem, quando vi a embalagem absolutamente deciciosa do chá Earl Grey Pingo Doce, apaixonei-me! Comprei logo várias e, fiquei cheia de vontade de dizer o quanto gosto desta empresa e do cuidado que põe nas coisas que faz, sejam elas embalagens, cartazes, promoções, anúncios ou revistas! 

 

Obrigada Pingo Doce. 

 

image1.JPG

 
 

 

 

“When tea becomes ritual, it takes its place at the heart of our ability to see greatness in small things. Where is beauty to be found? In great things that, like everything else, are doomed to die, or in small things that aspire to nothing, yet know how to set a jewel of infinity in a single moment?”Muriel Barbery, The Elegance of the Hedgehog

 

 

 

 

 

Nota: este não é um texto publicitário. Apenas quis partilhar uma opinião, baseada na minha reencontrada capacidade de apreciar as pequenas coisas boas da vida. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



sobre estados de alma e outras insignificâncias... :)

"If you are lucky enough to find a way of life that you love you have to find the courage to live it."
John Irving



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Curiosity killed the cat...

foto do autor


no thing

No luxury and no comfort, no delight and no pleasure, no new liberty and no new discovery, no praise and no flattery, which we may enjoy on our journey, will mean anything to us if we have forgotten the purpose of our travels, and the end of our labours (Isaiah Berlin)

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Gatos cuscos



Visitas