Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Falhas de comunicação

21.03.16

Sexta-feira. A minha amiga ligou-me. Várias vezes. O meu telefone nem tocou. O meu irmão ligou-me. 8 vezes. Estavam várias pessoas comigo, ninguém ouviu nada. Não há mercúrio retrógrado, apenas falhas na comunicação. Comigo. E com mais ninguém. E as pessoas ficaram preocupadas. 

 

Talvez seja demasiado ruído dentro da minha cabeça, como diz a Maria. Talvez seja o cansaço de 2 mudanças de casa no espaço de 2 meses, ou o facto de ter ainda, em todas as divisões, caixas e sacos por arrumar. Talvez o meu ouvido esteja selectivo ou talvez as pessoas estejam mal habituadas: ligam, eu atendo, mandam sms, eu respondo...tenho tido muito trabalho. Talvez seja apenas uma desculpa. A verdade? Vi as mensagens e não lhes respondi. Tinha outras coisas a fazer: ir buscar o T. que caiu no treino e não conseguia voltar para casa de bicicleta, comprar pão, fazer jantar. Deixei as mensagens para responder depois, os telefonemas para devolver depois, só queria chegar ao fim do meu dia e dormir.

 

No sábado, acordei atrasada, despachámo-nos a correr para o exame do T.. Saímos do exame atrasados para o almoço de aniversário da minha mãe. Ainda tentei devolver uma chamada pelo caminho mas não me atenderam.

Ontem à tarde, "obrigaram-m" a participar num pique-nique na praia. Apercebi-me finalmente do cansaço. Cansaço mental, nascido da desilusão. Cansaço físico. Cansaço. A tristeza de me sentir novamente num impasse. Um descontentamento que cresce. Não sei se tenho coragem para novas mudanças...Talvez o André tenha razão e a minha insatisfação seja eterna. 

É bom ter quem se preocupe connonosco. 

cansaco-desanimo.jpgacontece-me às vezes (...) um cansaço tão terrível da vida que não há  sequer hipotese de dominá-lo. 
Fernando Pessoa

Autoria e outros dados (tags, etc)



sobre estados de alma e outras insignificâncias... :)

"If you are lucky enough to find a way of life that you love you have to find the courage to live it."
John Irving



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Curiosity killed the cat...

foto do autor


no thing

No luxury and no comfort, no delight and no pleasure, no new liberty and no new discovery, no praise and no flattery, which we may enjoy on our journey, will mean anything to us if we have forgotten the purpose of our travels, and the end of our labours (Isaiah Berlin)

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Gatos cuscos



Visitas