Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


in-somnia emotion

04.12.13

:-)

digam o que disserem, trabalhar under insomnia emotion aos vinte, aos trinta ou aos quarenta não é nada a mesma coisa. há muitas noites que não durmo mais do que três ou quatro horas. a minha cabeça fervilha, os meus projectos tomam forma, tornam-se realidade, palpitam e enchem o peito de ar tomando vida enquanto noutras camas o sono, e quem sabe o sonho, reinam sobre os corpos e as mentes. 

 

nunca, como durante a noite, a minha mente está tão desperta e consegue ver tudo tão claro, de tantas perspectivas diferentes. nunca, como no silêncio adormecido ouço tão nítidamente os meus pensamentos e os vejos transformar-se em letras, rabiscos, rascunhos, croquis. e não há maneira de parar esta avalanche criativa. não há música nem meditação nem cházinhos nem sequer comprimidos mágicos que me façam dormir enquanto tudo não estiver alinhado e pronto a ser tornado realidade. 

 

se for um texto para o blog, um artigo para o site ou algo semelhante, geralmente duas a três horas chegam e ainda durmo mais algumas. mas nunca é só um artigo, nunca é só um texto. são as imagens, as referências, confirmar as fontes,  registar mais meia dúzia de ideias para artigos, as ligações possíveis entre eles...anotar ideias, títulos possíveis para textos no blog, apagar rascunhos que não fazem sentido, agendar conteúdos. isto, agora que desisti de levar o portátil para a cama, tomou contornos completamente diferentes e os meus "famosos" blackbooks estão a ficar muito rapidamente com as páginas escurecidas de ideias, planos, projectos, poemas, palavras soltas, riscalhadas e até recortes e colagens. 

 

foi bom regrar isto. habituar-me a registar as coisas e garantir que são feitas, no horário possível. não deixei de escrever, não deixei de ler, não deixei de fazer nada, faço até mais e com calma. acabou-se a sensação de andar a correr atrás do tempo sem nunca o conseguir apanhar. é muito bom! e, voltar a ter prazer no que faço, em tudo o que faço, ou pelo menos ver o melhor lado das coisas que me agradam menos, faz com que a vida seja muito mais leve e até, acreditem, que me custe menos saltar da cama de manhã! 

 

seja como for e digam o que disserem, aos vinte, trinta ou quarenta, é bom ter insónias produtivas! (mesmo que isso implique dormir meio domingo e chegar à quinta-feira a deseperar pelo sábado de manhã para poder dormir à hora a que finalmente chega o sono!) 

Autoria e outros dados (tags, etc)



sobre estados de alma e outras insignificâncias... :)

"If you are lucky enough to find a way of life that you love you have to find the courage to live it."
John Irving



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Curiosity killed the cat...

foto do autor


no thing

No luxury and no comfort, no delight and no pleasure, no new liberty and no new discovery, no praise and no flattery, which we may enjoy on our journey, will mean anything to us if we have forgotten the purpose of our travels, and the end of our labours (Isaiah Berlin)

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Gatos cuscos



Visitas