Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


o tempo

22.07.16

maleável, líquido, vagamente escorregadio...é assim o meu tempo. 

Há dias em que parece dar para tudo, estica, estica, cresce...adapta-se e reconfigura-se, molda-se a tudo quanto é preciso. Outros dias, desaparece como água. Evapora-se, talvez. A única certeza que tenho em relação ao tempo é esta: por mais que se adapte e estique ou encolha e desapareça nunca é sob o meu controle. Tem uma vontade própria completamente independente da minha própria vontade e, por mais teimosa que seja, não vou ganhar esta guerra. Quanto muito, uma ou outra batalha, uma trégua de alguns minutos que me permitem vir aqui dizer: estou ocupada, muitas vezes cansada, vagamente preocupada. Estou, acima de tudo, feliz. E que  tudo isto dure por muito muito tempo....

 

temps-Rovelli.jpg

 

 

Conference/débat a écouter: Faut-il tuer le temps?

o Tempo em poesia a 4 mãos  

Time (Inception) para ver e ouvir

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

de partida para França

10.07.16

Eu também gostava que Portugal ganhasse. Mas enquanto o jogo começava, estava a fazer check-in dos voos dos próximos dias. Nada de especial...e no entanto! Trabalhar para uma empresa que faz questão que a conheçamos, que saibamos quem são as pessoas com quem falamos e, sobretudo, que paga as despesas para que tudo isto possa acontecer é muito gratificante. São 2 noites em França. Não me vou livrar de comentários futebolísticos. Mas vou aproveitar cada segundo, isso é certo! 

 

A tout de suite, e que ganhem os nossos!!!!! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Well...hello!

01.07.16

Tenho andado muito atarefada! Vida de desempregada dá tanto trabalho! E dá, felizmente, bons trabalhos; ou seja, arranjei finalmente um emprego à minha medida e as coisas estão a correr muito bem. Trabalho para uma empresa francesa e tenho, mais do que horários, trabalho que tem que ser feito. E isso agrada-me. Muito. Também vou ter que dar umas voltas pelo país, o que também não me desagrada nada....Em resumo: há coisas chatas que acontecem na nossa vida e, por vezes, dessas coisas chatas, podem nascer coisas muito boas! 

 

Tenho andado ausente do blog, mas não só por causa dos empregos/desempregos. Tem sido também porque o dito tem tido algumas visitas recorrentes com quem não me apetece partilhar a minha vidinha...mas pronto. Um dia destes habituo-me de vez a certas presenças e deixo de dar por elas ou deixo de me importar com as tais visitas e "prontos"! Um dia destes, certamente. Mas não hoje. Seja como for, hoje estou em modo "bohème" e lembrei-me desta música que me sabe sempre tão mas tão tão bem! 

 

E aqui fica um brinde à vida e ao bom tempo! 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


sobre estados de alma e outras insignificâncias... :)

"If you are lucky enough to find a way of life that you love you have to find the courage to live it."
John Irving



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Curiosity killed the cat...

foto do autor


no thing

No luxury and no comfort, no delight and no pleasure, no new liberty and no new discovery, no praise and no flattery, which we may enjoy on our journey, will mean anything to us if we have forgotten the purpose of our travels, and the end of our labours (Isaiah Berlin)

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Gatos cuscos



Visitas